Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mishmash Marketing

Basicamente é "uma mixórdia de temáticas" de Marketing!

Mishmash Marketing

Basicamente é "uma mixórdia de temáticas" de Marketing!

Marketing - Apple

20170218_150253.jpg

 Legenda: Foto Tirada com o Meu Samsung!

Eu sou um tipo que colocou na cabeça que nunca iria ter um Macbook, nem nunca iria ter um Iphone, pois achava que o valor que se pagava por ter uma “Maçã” num equipamento eletrónico era elevado demais, depois vinham todos os constrangimentos da antipirataria, isto não quer dizer que sou pró-pirataria, somente que sou a favor de “se não tiver que pagar por certas Apps” melhor ainda.

O problema é que na Apple tudo se paga, tudo é demasiado caro, tudo o que leva com o “selo” da “Maçã” está diretamente correlacionado com um esvaziamento na minha carteira. Mas mesmo assim um lançamento de um equipamento deixa pessoas doidas a fazerem fila noite a fio para comprarem o equipamento, tipo eu quando os U2 vieram a Coimbra que estive uma noite e uma tarde ao frio e chuva para conseguir um bilhete…

Quando penso em Apple penso em Engenharia e Design e de facto eles são imbatíveis neste aspeto pois conseguem conciliar ambas as coisas, pois os Apples são de facto máquinas sexys e lindas, e a nível de engenharia são excelentes pois o software é excecional e duradouro, sem permitir apanhar “viroses como os demais”.

Eu sempre me considerei anti Apple, não sei porque, mas nunca me convenci com a marca e com o valor da mesma. Há uns 3 meses lá a muito custo peguei no de lá de casa, pois a bateria dura um dia inteiro, ao contrário do meu, e lá andava com ele a correr para a biblioteca, e a primeira impressão era que após o primeiro dia de uso, ainda detestava mais esta máquina. Queria fazer um copy – paste e não sabia, queria fazer um Print Screen e não havia jeito, selecionar fotos muito menos, queria fechar janelas e elas tinham o boto vermelho, amarelo e verde do lado superior esquerdo, em vez da “cruz” do lado direito. Demorei umas 2 semanas a sacar tutoriais da internet para aprender a mexer com aquilo, mas lá me amanhei e comecei a nutrir uma paixão pela máquina e pela “Maçã”.

Depois da “nutrição” de amor pela “Maçã” lá comecei a ver que os filmes de facto em ecrã retina tinham uma qualidade de imagem digna de cinema, o som é fabuloso e a rapidez de processamento brutal. Aliar a isto tudo a máquina dificilmente apanha vírus e a nível de abrir pop ups também é fantástica…

Outro fator que faz o delírio dos seus consumidores é a velha máxima do “menos é melhor” se repararem não vêm mil produtos da Apple, temos computadores, ipads, ipods, smartwatches… Basicamente contamos pelos dedos de uma mão os produtos deles.

Por fim a Apple não vive do passado e está sempre em constante inovação, e prefere esquecer e apagar os produtos que possam manchar a sua reputação e criar uns novos.

Nem tudo foi um mar de rosas aqui com a nossa amiga “Maçã” e o ano passado perderam a liderança para a sua rival Samsung e a Apple lá andou “tremida” após a morte do Steve Jobs e as vendas começaram em queda, mas eis que surge a salvação. Não por parte da Apple em si, mas sim porque o seu maior concorrente em vez de fazer telemóveis, decidiu 2 em 1 (telemóveis explosivos) e assim a Samsung caiu, e a Apple ganhou o destaque a que estava habituada.

O G. teve 3 exames na segunda classe e lá lhe prometi se ele tirasse mais que 80% em cada um dos 3 exames lhe oferecia o meu portátil (não apple) de forma a ele fazer as suas pesquizas no Age of Empires, Age o Mythology e no Minecraft, claro… E desta forma se ele conseguir lá terei que comprar um portátil novo para mim, com a desculpa de o puto ter-se portado bem na escola e aquilo que eu disse que seria contra, que disse que nunca compraria, está no topo neste momento das minhas preferências, por isso escrevo sobre este fenómeno bilionário desta marca, para ver se saco um patrocínio “mesmo não sendo uma picoca, sim finalmente sei quem é) e se colar e verificarem a legenda da foto, também me estou a “fazer” a um Iphone.

Se com uma Maçã o produto é brutal, imagino uma máquina "com um Tutti Frutti” o que poderia fazer…

NS

P.S. Para as Vossas vendas não baixarem, o "Trumpa" que não troque o seu "andoid devise" por um dos vossos...

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Narciso Santos 20.02.2017 11:53

    Coincidência, não sei se o tipo da Apple se inspirou em "maçãs verdes"...
    Eu cá gosto delas aos cubos, dentro de uma tigela regadas de açúcar..
  • Imagem de perfil

    Cecília 20.02.2017 11:55

    eu gosto aos cubinhos muito pequeninos, com rodelas de banana e com rega de sumo de laranjas acabadas de espremer.

    tudo sem açúcar.

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.